A medalha do amor.

foto (3)Uma medalha nos une
Amor grita no peito
Eu te aceito, te admiro, te mostro o mundo.
Vem com a mamãe, vem Dandan, Deficiente porque as pernas não te
obedecem mas a alma está em pleno funcionamento ! VIVA!

Vamos passar por trilhas diferentes, subidas íngremes,
adrenalina. Hj teve até dança!
Descubro que vc curte!
Corajosos somos nós? Somos!

Morde a medalha e estranha! Faz carinha de ué!?
Essa minha mãe é doidinha mesmo! Sou!
Pelos filhos a gente inova, renova, recicla, reinventa!
Morde medalha! Gosto gostoso!

Para mim ela significa que somos vencedores todos os dias.
Sou privilegiada em ser mãe de Danilo e Isadora! Deus confiou a mim os
cuidados com um ser tão frágil e tão potente! E uma Isadora ” adulta”….olhos
azuis expressivos!

Não vivo sem vocês, não seria a Fernanda que sou hoje. Que corre, que
trabalha, que sonha. Sonhos são baterias que nos mantém ligados, plugados,
em contato com o Criador.

Se vc ainda não tem os seus faça a lista para 2015…..ponha no papel e realize.
Não desperdice seu tempo, ele é muito precioso.

Sobre a Autora

Fernanda Terribile é jornalista formada pela PUC Campinas, casada e mãe da Isadora e do Danilo, que tem paralisia cerebral severa. Criou o blog em 2012 para encontrar outras famílias que tenham filhos com deficiência e incentivar a prática do esporte. Participa de corridas de rua com seu filho cadeirante. Conheça!
3 Responses
  1. ana maria cecotto dotti

    a medalha é passageira, mas o amor e a coragem que vc adquiriu, e que ilumina a delicada vida do Dan, viverao eternamente. Receba meu carinho!

  2. Camila Evaristo

    Parabéns mãezona!Você me fez sentir orgulho de ter o dom da maternidade! Muita saúde e luz na vida de vcs! <3

Dúvidas e Comentários