Eles te convidam: vem correr!

IMG_4110

A expressão do Adolfo na largada da Corrida Oba, no último domingo , expressa uma felicidade que contagia. O rapaz de 45 anos tem paralisia cerebral leve e foi conduzido pela educadora física Pamela Spanholeto e a fonoaudióloga Drica Siqueira durante o percurso de 8 quilômetros. Ao lado o casal Maria Cristina Bittencourt e Luiz Dallari. Eu e Danilo estamos logo atrás. O pneu da cadeira murchou , pensamos em desistir, mas seguimos e fizemos um “ pit stop” num posto de gasolina 500 metros a frente.
As pessoas com deficiência saem cinco minutos antes da largada oficial. Garantimos a nossa segurança e a dos corredores que buscam o pódium e correm em alta velocidade. O momento da saída é quando o coração dispara, o vento começa a bater no rosto e a alegria vem. Adolfo traduz! Temos certeza de estar no caminho certo, prazer somado, adrenalina dividida, esforço que compensa .
A prática regular de atividade física melhora o desenvolvimento motor e psicológico e auxilia no combate ao sedentarismo, principalmente nos cadeirantes, que possuem sua mobilidade reduzida. Eles sentem-se realizados, não só com o movimento, mas também em poder interagir com outras pessoas. Troca que favorece ambos os lados.
É através de pequenos movimentos que descobrimos a capacidade de nossos corpos em realizar gestos  simples até os mais complexos.O corpo é uma máquina e como toda e qualquer máquina precisa estar em constante funcionamento e de reparos para que as peças não sofram desgastes. É aí que surge o papel dos exercícios: manter a máquina funcionando e em bom nível de rendimento, respeitando suas capacidades e percebendo as limitações.
Quanto mais exercícios uma pessoa com mobilidade reduzida fizer melhor seu corpo irá  responder aos movimentos . Surge uma vida mais saudável, melhora na auto-estima  e aprimoração da coordenação motora. Nos últimos meses vemos um Danilo posicionando-se melhor na cadeira de rodas, mais relaxado e feliz. Auto estima agradece!  Vira e mexe ganhamos sorrisos aqui em casa! Lindo!
Estes dois garotões – Danilo e Adolfo- saíram cedo de casa, colocaram-se no meio de 3 mil pessoas ( a Corrida do Oba atrai muitos atletas, inclusive quenianos ) e se aventuraram . Eles te convidam a uma mudança em seu estilo de vida. Exercite-se para se sentir mais disposto, conheça seu corpo, escute sua respiração. Perceba a capacidade que existe dentro de você!
Motive-se com os cadeirantes sorridentes!

Conpartilhe

Postagens Relacionadas

Próximo
« Anterior
Anterior
Próximo »