Associação Paraolímpica de Campinas forma campeões no atletismo.

Associação Paraolímpica de Campinas forma campeões no atletismo.
por Fernanda Terribile


Chego ao CEAR- Centro de Alto Rendimento e o Fábio Ribeiro está fazendo o treino de todos os dias. Várias voltas pela pista moderna e de um azul celeste que chama a atenção.
Tudo normal se Fábio não fosse deficiente visual. Acometido de uma doença congênita aos 12 anos- conhecida como retinose pigmentar -ele tem 10% da visão e corre sem o auxílio de guias.

foto apc 4
Pergunto : como você consegue?
Os 10% que ficaram são aproveitados ao máximo! Ele explica que tem noção espacial . Nas corridas orienta- se pelas linhas divisórias da pista. A limitação visual fez com que ele, aos poucos, se adaptasse e hoje tem vida independente
Mostro a foto que tirei no celular . Ele pega o aparelho, aproxima e amplia a imagem e concorda : " a foto ficou ótima!!"
Um campeão!

Ah! E se já era apaixonado por esportes desde jovem ficou ainda mais depois da deficiência. Dedicação X Dedicação .Ele veio para Campinas há 8 meses treinar na Associação Paraolimpica de Campinas. Tem apresentado ganhos consideráveis em seus tempos e é destaque nacional em sua principal modalidade, os 800 metros.

Seu melhor tempo é de 2' 05" minutos , conquistado no Circuito Caixa de Atletismo, um dos mais importantes da modalidade. E lhe rendeu medalha de ouro!
Pódium merecido!

Fico impressionada com a praticidade com que encarou a doença. Corre como se enxergasse igual a mim e a você. A força de vontade é transformadora!
Na Associação ele tem a companhia de outros 60 atletas que treinam atletismo e natação
A Associação acolhe os atletas- que vem de várias cidades do estado ou fora dele. Aqui tem técnicos, ambiente moderno e qualificado. Fábio Breda é técnico da APC e também da Seleção Paralimpica que está em Toronto. Equipe que brilha! Vale ouro!

foto apc


Luiz Marcelo Ribeiro DaLuz ( primeiro à direita na foto ) é um dos diretores da ONG e confessa que o sonho deles é ter um patrocínio. Tênis e sapatilhas saem do bolso de cada um. A suplementação alimentar que usam ídem. O transporte público - lembrando q o Cear fica afastado do centro da cidade- não chega ao local. Detalhes que fariam a diferença.
Fico ainda mais encantada sabendo que com muito esforço próprio eles são campeões dentro e fora das quadras.
a fotooooooo

 

 

Conpartilhe

Postagens Relacionadas

Próximo
« Anterior
Anterior
Próximo »