Dia de cabelo arrumado e maquiagem: toda mulher gosta!

Dia de cabelo arrumado e maquiagem: toda mulher gosta!


Mãe e filha em dia de embelezamento . Quem não gosta ?


A festa de 15 anos foi o motivo  perfeito para nos embelezarmos. Mãe e filha juntas com cabelo arrumado  e maquiagem de luxo Tem coisa melhor ? A Isa foi uma das 14 convidadas para dançar a valsa e a preparação foi pra lá de especial. Primeiro o  cabelo ( Joyce Penha ) e manicure ( Vivian Vanegas ) na Pulsazione.


foto 8 benefit


A Isa escolheu um penteado levemente cacheado e com uma trança na horizontal ( parte de trás do cabelo ) . Ficou com um ar romântico e jovial.Eu e minha querida e atual escova , feita com muito carinho pela Joyce . Como tenho cabelo crespo adoro vê-lo liso! Bobbies ao final volume ao cabelo! ( adoro Bobbies !!)


A produção continuou na Benefit Iguatemi. As meninas  simpáticas e antenadas nos receberam com uma balcão cheio de produtos modernos e estilosos. Aqui me sinto numa casinha de bonecas! Minha pele é oleosa e pede cuidados dobrados . O puff off ameniza as marquinhas da bolsa d água e as linhas finas embaixo do olho. Um verdadeiro " coringa " de uma boa make. O pore ajuda a esconder os poros e linhas expressão.


foto 2 benefit


Já o Hoola é um blush bronzeador que faz os contornos e afina o rosto. Quantas dicas né ?


IMG_9741A Isadora ao lado, sendo delicadamente maquiada pela Mayra Camargo. As duas em sintonia ! Pele fininha, sensível e livre de espinhas e marquinhas . Viva a juventude, filha! Os olhos azuis ficam mais azuis com os cílios postiços! No começo incomoda ( nao deixo ela colocar sempre  ) mas depois que você vê o resultado acostuma.


foto 4 BENEFIT


Optamos por batons nude.  É o rochateur ( sim tudo aqui tem nome chic!) 


foto 3 BENEFIT


Se a gente compara o antes e o depois tem certeza que produtos de primeira qualidade, aplicados corretamente, mudam nosso visual. Um sonho? Ter uma maquiadora todo dia em casa! Bom demais né ?


foto 10 benefit


 Nosso agradecimento á equipe Pulsazione e equipe Benefit Iguatemi pelo cuidado, carinho e parceria. Vocês arrasam! Mãe e filha felizes!


foto 9 benefit








Sobre a superação.

Sobre a superação.
Sobre a superação.
Falando dela e sobre ela.

 

IMG_9952
Carinha de felicidade misturada com cansaço. Superar dói , tem que treinar e acordar cedo.        ( sim eu amo dormir ) Superar traz sensação de " ufa, conseguimos"! Superar é fazer mais do que imaginava ser capaz. É entrar em território até então desconhecido. É mergulhar nas asas da emoção.

Foi o primeiro Triatlhon ( fitness) Curtinho e intenso. Nadei e pedalei sozinha, corri conduzindo o triciclo do Danilo. Falo da nossa super-ação e sei que vocês têm as suas. Eu te incentivo e você me motiva ok? Treino numa turma onde todas fazem o TRi. Malham diariamente. ( sim, somos viciadas) O assunto no Whatss app é sempre esportivo, mastigamos transpiração e sonhamos com a endorfina. Olhamos 3x ao dia para a planilha de treinos e amamos um whey protein ( suplemento alimentar de atletas) Trocamos as noitadas pelo despertar as 5 da manhã, compramos top de ginástica e óculos de natação em troca da bolsa e do sapato.

Nosso mundo é asfalto, piscina e bicicleta. Ou bike, mais moderno! O Coach ( treinador ) é calmo, aposta em nós mais que nós mesmas e não tem dó! Vai, mais uma vez, a última! Superar é trabalhoso! 
Ocorre que eu me apaixonei pelo esporte. Até quando puder sigo com tênis no pé. E muitas caretas na linha de chegada! 


Crédito foto: Alex André de Moraes.

Bolo do bem : campanha arrecada recursos para tratamento da ELA. Sr Cláudio agradece!

Bolo do bem : campanha arrecada recursos para tratamento da ELA. Sr
Cláudio agradece!

Bolo do bem: campanha arrecada recursos para tratamento da ELA. Sr Claudio agradece! 


Quem se lembra do  " Desafio do Balde de gelo "? A campanha começou nos Estados Unidos e nos desafiava a jogar um balde de água gelada na cabeça ou fazer uma doação para entidades que pesquisam a ELA- esclerose lateral amiotrofica .


O objetivo era divulgar a ELA, pouco conhecida da população É uma doença neuromuscular que afeta o sistema nervoso e paralisa os músculos. Com o tempo o paciente fica tetraplégico


Pertinho de nós temos o sr Claudio , que há 5 anos foi diagnosticado com ELA. Ele nos conta que " tinha uma vida normal , acordava cedo, tomava café e saia para trabalhar. Até que..... em uma quinta feira fui à casa de um amigo comemorar seu aniversário. Comi, bebi, me diverti muito. Então cismei de ir embora. Foi quando aconteceu o inesperado. Fui descer a escada de 3 degraus , levei um tombo e acordei 21 dias depois. Quando acordei fiquei sabendo do ocorrido e tomei consciência do estado em que estava."


post claudio


Eram os primeiros sinais da doença . Degenerativa, cruel, sem cura. Claudio descreve - se como " uma abelha sem asas". E faz uma metáfora: " como vou voltar para a colméia se preciso das asas todos os dias?" É.... Claudio..... a vida e as coisas que não entendemos.


Sentimento de dependência, de prisão . Mas de um amor e entrega sem igual. Amor! Amor faz viver sr Claudio! Aos 53 anos , precisa dos cuidadores e da dedicação da esposa para tudo . Cita um exemplo : " se eu sinto uma coceira no nariz alguém tem que coçar."


Te entendo, Claudio. Tem momentos em que me coloco no lugar do meu filho Danilo, que depende do amor tanto quando o senhor. Dan tem paralisia cerebral severa. O que eu posso dizer é que a família se une igual abelha , tira mel do pólen e apesar de toda sofrimento procura flores coloridas no caminho. Dor amadurece, mexe e remexe. O senhor e família são exemplo pra muita gente!  E com todo o carinho a esposa Flávia organiza uma campanha anual para ajudar no tratamento.


Neste ano estão sendo vendidos bolos da " Casas dos Bolos ". São mais de 15 sabores ao custo de 15 reais. Quem quiser ajudar pode ligar no fone 19- 98154 2427- falar com Mazinha.


 

Circo Kroner é atração do Parque D Pedro Shopping.

Circo Kroner é atração do Parque D Pedro Shopping.
Parque D. Pedro Shopping traz
Circo Kroner no Mês das Crianças

 

kroner

 .1 Criança até 12 anos, acompanhada de um adulto pagante, tem entrada franca

. Entre as atrações está o Globo da Morte, com motoqueiros radicais

No Mês das Crianças, os clientes do Parque D. Pedro Shopping, o centro de compras mais completo da região de Campinas, têm mais uma opção de lazer: o Circo Internacional Kroner, que se apresenta pela primeira vez em Campinas. O espetáculo, de terça-feira a domingo, proporciona muita alegria, encantamento e muita adrenalina.

E para deixar o passeio mais divertido, 1 criança com até 12 anos, acompanhada de um adulto pagante (inteira), tem entrada franca. A promoção, válida até o final de outubro, é resultado da parceria entre o Parque D. Pedro Shopping e a direção do circo e faz parte das atrações do empreendimento para o Dia das Crianças.

“Embora seja o Mês das Crianças, os adultos também vão dar boas gargalhadas. O espetáculo é para toda a família. Estamos satisfeitos por sermos os primeiros a trazer o Internacional Circo Kroner para Campinas e região, cumprindo, mais uma vez, nosso compromisso de proporcionar atrações inéditas”, diz Alessandra Daga, gerente de Marketing do Parque D Pedro Shopping.

Espetáculo

 

kroner f3

De origem alemã, o Kroner é o único circo brasileiro da atualidade que se apresentou em vários países da América Latina, entre eles Paraguai, Argentina, Chile, Venezuela e Uruguai.

Com a proposta de seguir uma tradição milenar e levar alegria ao público de diversas idades, o espetáculo é jovem e dinâmico, com 20 atrações, como os divertidos palhaços chilenos ‘Tatin’ e ‘Tingolito’ e o irreverente ‘Potato’. As acrobacias aéreas, magia, ilusões e malabarista são outros atrativos.

O famoso ‘Globo da Morte’, que vem do centro do picadeiro, ficando a menos de três metros do público, tira o fôlego da plateia com as manobras radicais feitas por quatro motos ao tempo. E o Globo se abre ao meio, encerrando as atrações do show. Ao todo, 138 pessoas fazem parte da trupe, garantindo segurança e divertimento do público.

circo_kroner_-_

SERVIÇO

Data da atração: até 25 de novembro
Data da promoção “Criança gratuita com adulto pagante” Até dia 31 de outubro
Local: Estacionamento do Parque D. Pedro Shopping, Entrada das Colinas – avenida Guilherme Campos, 500, Jardim Santa Genebra
Horário: De terça a sexta, às 20h30; sábados, domingos e feriados, às 16h, 18h e 20h30
Preços:

Cadeira central: inteira: R$ 60,00; criança e meia: R$ 30,00

Cadeira lateral: inteira: R$ 40,00; criança e meia: R$ 20,00

Meia entrada para crianças de 3 a 12 anos (menos de 3 anos não paga ingresso), estudantes, aposentados, professores e pessoas com mais de 60 anos.

Bilheteria: Abertura a partir das 10h, de terça a domingo

Promoção: 1criança com até 12 anos, acompanhada de um adulto pagante (inteira), têm entrada franca na promoção do Mês das Crianças. É preciso retirar o ingresso mediante apresentação de documento no Balcão de Informações do shopping, localizado na Entrada das Águas.

Válido somente para uma criança por adulto pagante.

Verificar disponibilidade das sessões na bilheteria do Circo.

Promoção não acumulativa.

Mais informações sobre o circo: (16) 9822-90407

 

Desculpa pai, mas ela é só minha.

Desculpa pai, mas ela é só minha.
Desculpa Pai, mas ele é só minha.
por karolina Cordeiro


karol e pedro


Desculpa pelo dia que entrei para ficar na vida dela.


Sabe aquele dia que ela passou para o banco de trás do carro e já não ia mais na frente com você, pois minha cabeça teimava em cair, pelas surpresas do destino que me enviou com essa síndrome que estava aparecendo?


Aquele dia que ela parou de arrumar a sua mala de viagens a trabalho, pois tinha que me trocar, dar banho e arrumar meus óculos várias vezes?


Desculpa pai por querer ela tão perto de mim. Desculpa pelos sorrisos e gargalhadas que arranquei dela, desviando sua atenção.


Sabe pai, eu não vim para te tomar minha mãe. Afinal, eu sou um pedaço de você! Mas ao invés de encontrar quatro mãos, muitas vezes encontrei somente duas.


Desculpa quando fui para a cama de vocês, quando operei o quadril e de lá jamais saí. É que a presença dela me acalmava, e encontro no olhar confiante dela o remédio para continuar vivendo.


Desculpa fazer com que ela se preocupe muito comigo, mas eu não consigo me mover, e o jeito que ela me tira do carro é tão doce!


Desculpa aquele dia que ela tirou a roupa de festa e colocou o pijama velho porque chorei ao imaginar a saudade que ficaria dela, mesmo que por algumas horas.


Desculpa por ficar 24 horas ligado a ela, mas se eu ficar sentado numa mesma posição, tenho dores terríveis!


Mas não cortamos o cordão umbilical. Não escolhi vir com uma síndrome rara. Aliás, escolhi sim.


E ela tem cumprido “nosso combinado” tão bem.


Desculpa encher seus braços, abraços, beijos de mim!


Desculpa pai, o dia que ela falou que eu era prioridade. Mas, sabe, ela tem muito medo de me perder. E o medo dela de me perder foi maior do que de te perder.


Desculpa pelos domingos que acordamos cedo para correr, mas ela sabe que isso me mantém com os estímulos necessários para que não ocorra mais desmielinização, e estes estímulos não deixam que eu me “desconecte” de mim, de você, da vida!


Desculpa as vezes que ela me colocou para dormir, já exausta não teve força para sequer tomar banho ou comer e capotou de sono junto comigo.


Somos assim porque talvez só eu sei como o coração dela bate por dentro.


Porque aquele dia do diagnóstico ela foi andando sozinha no corredor. E não fui eu que me agarrei a ela.


Mas sim, acredite, a necessidade dela sempre foi maior do que a minha.


Desculpa as vezes que eu te fiz ficar nervoso/bravo/triste e te fazer falar com ela: “pega o seu filho.” Eu também sou seu, pai! Acredite nisso.


Desculpa fazê-la ficar forte, mais séria, mais brava do que aquela menina doce que abaixava os olhos sempre que você ficava nervoso.


Desculpa eu te falar isso pai, mas ela só queria ouvir aquele dia, que podia contar com você, que estavam juntos no mesmo barco. Mas ela remou sozinha sem rumo, se agarrando no que dava para não perder a esperança.


Desculpa por ela ter se apoiado em mim, e você, em ninguém.


Eu vim do céu por causa do amor. Cada dia uma história, um sorriso, uma lágrima. Mas sempre com afeto nos olhos e ternura no coração.


A gente vai se curando junto.




---Karolina Cordeiro

Geógrafa

Corredora -  Angel Hair Team-

Coordenadora do Movimento: Eu Respeito As Vagas e Você?



(34) 9979 0175



Jovem com leucemia cria campanha para encontrar um doador de medula.

Jovem com leucemia cria campanha para encontrar um doador de medula.


Qual seria sua reação ao saber que sua saúde pode depender de apenas uma pessoa, entre 100 mil? Se sua resposta foi PROCURAR, você vai se identificar com a Suelen Sequi. Desde 2006, a jovem mineira, formada em publicidade, luta contra uma leucemia. Após a primeira recaída, em 2011, seus colegas de faculdade sugeriram a criação de uma campanha pelo Facebook chamada “Seja Compatível com a Vida” [link: www.facebook.com/SejaCompativelComAVida].

 

suelen foto2

    Imagem extraída da página "  Seja compatível com a vida."

 

O objetivo é informar, minimizar os mitos e incentivar o cadastro de voluntários interessados em serem doadores. Não somente para a Suelen, mas para milhares de pessoas que procuram por um doador compatível. Afinal, o transplante de medula óssea é o tratamento de um conjunto de cerca de 80 doenças como anemias, linfomas, doenças autoimunes e leucemias.

O Brasil tem o terceiro maior cadastro de doadores de medula óssea do mundo, com 3,7 milhões de pessoas (1,85% da população brasileira). A chance de se identificar um doador compatível na fase preliminar é de 88% e, ao final de todos os exames, 64% tem doador compatível confirmado. Em outras palavras, as chances de encontrar um doador compatível é de 1 para 100 mil pessoas.

Para Suelen, a forma de doação ainda é pouco divulgada, o que reduz o número de voluntários e aumenta o tempo de espera para encontrar um doador compatível. “Assim como muitos, eu não tinha ideia que a doação era tão simples e poderia salvar a vida de uma pessoa. Acreditava que era um processo cirúrgico muito arriscado (para o doador) assim como muitos ainda acreditam”, explica a publicitária sobre os objetivos de criar a campanha.

suelen oto
                            foto  da página " Seja compatível com a vida."

 

Para ajudar nessa  missão, selecionamos algumas informações relevantes:

-       O cadastramento do candidato a doador é realizado após uma entrevista e um exame de histocompatibilidade, para o qual são colhidos somente 10ml de sangue;

-       É  preciso ter entre 18 e 55 anos de idade e estar em boas condições de saúde;

-       Uma vez confirmada a compatibilidade, o doador será consultado para decidir quanto à doação;

-       O procedimento de doação leva em torno de 90 minutos, mas o doador fica internado 24 horas devido a anestesia, que poderá ser peridural ou geral;

-       A medula do doador se recompõe em apenas 15 dias.

Todas as dúvidas sobre o cadastro e a doação podem ser sanadas no site do REDOME: http://redome.inca.gov.br/

 



" O presente que eu não dei."

" O presente que eu não dei."
" O presente que eu não dei "
por Fernanda Terribile

foto homem aranha

Chamou a atenção uma frase que li em várias mensagens de dia das crianças nas redes sociais: " Não dê presente, dê presença." Quando eu era criança recebíamos presente em datas específicas : aniversário, Natal e Dia da criança. Sou a do meio de três irmãos,  lembro da época em que meus pais presenteavam. Embulhos eram raros e sabíamos quando viriam.

Hoje ganhar ficou banal. Compramos por comprar, sem pensar na real necessidade. Comprar é instantãneo....você vai ao Shopping entra numa loja escolhe e sai com uma embalagem colorida. Quado chega a fatura do cartão, chega o arrependimento, Porque fui comprar, será que precisava ? Pensar evita o consumismo.

Presença exige doação, tempo, paciência. Ficar ao lado com amor e concentração. Estar presente é o maiorr presente que podemos dar! Não dê presente, dê presença!

Já falei aqui no blog, inúmeras vezes, da minha dificuldade em ser mãe de uma criança com deficiência. A aproximação (de fato ) demorou anos. Hoje quero dedicar meu tempo a estar  ao lado, ser mãe de verdade. E o tal presente de dia da criança, compro ou não ?

Hoje fomos à Lagoa do Taquaral . Caminhamos por dentro da Lagoa, observando a multidão que passava o feriado entre lagos, árvores, bondinho e pedalinhos. Fui fazer o que dá prazer ao Dandan. Caminhar e correr. Na saída a bexiga do Homem Aranha completou o dia da criança. Dan está mais atento e o vermelho e azul estimulam a visão , a percepção e a concentração.

Chegando em casa coloquei o super herói na lateral da cadeira de rodas. Alegrou o ambiente. Presente simples, para não deixar a data passar despercebida. Segui a campanha que pede presença, companhia, amor e carinho.

Com a Isadora, minha adolescente, adoto a mesma postura. Temos aproveitado bons momentos mãe e filha, trocando o consumo por uma boa conversa.

E vamos divulgar a campanha : não dê presente, dê presença!

 

 

 

 

 

 

O nome delas ? Helena e Bia.

O nome delas ? Helena e Bia.
O nome delas ? Helena e Bia

texto excrito para o Pernas de Aluguel Campinas,
por Fernanda Terribile 

helena e biaaaa


A Helena está com o número 200 na camiseta , a Bia está de óculos escuro olhando para a amiga. Acho q pensava; vamos?
Os últimos 50 metros elas saem do triciclo e caminham. Do jeitinho delas, no ritmo e da maneira que conseguem.
Todos param, um minuto de silêncio. Os olhos se enchem de lágrimas, uns abraçam os olhos.
Difícil descrever...e escrever.

A turma se junta , os primeiros da fila esticam os braços para ajudá-la. Ela segue firme...a Bia acompanha. Helena fez sua estréia, mascote do Pernas Campinas. A Bia é veterana, a mamãe Cláudia corre e corre e corre. As meninas caminham, até cruzar a linha de chegada. A turma vem atrás, coração se entrega, se despedaça. Tudo pára por instantes.

Eu me pergunto: o que nos faz felizes? O que te move? Essa corrida foi diferente. Nove cadeirantes, 40 voluntários, juntos correndo.Imensidão. Não estávamos competindo, largamos por último, chegamos em último. Corremos por lazer e diversão. Corremos porque descobrimos que através dela incluimos.

O esforço que a Helena e a Bia fizeram até chegar na linha final foi sentido por quem estava perto. Tentamos ajudar, elas seguem.Independência. Desde pequenas fazem fisioterapia, treinam como atleta! O meu treino é nada perto do que o meu filho se esforça.

E você, vai ficar paradinho, levando a vida como sempre levou? Sair da zona de conforto e se exercitar como as meninas dá trabalho e cansa. Elas não tem opção. Vai ou vai. Você pode escolher e tem horas que preferimos o caminho mais fácil.

Elas podiam seguir no triciclo...mas quiseram levantar e andar.
Iniciativa que gera um mar de lágrimas,.. de emoção.

Queremos mais!

Projeto cadastra currículo de pessoas com deficiencia no Parque D Pedro Shopping.

Projeto cadastra currículo de pessoas com deficiencia no Parque D Pedro
Shopping.
Projeto cadastra currículo de pessoas com deficiência no Parque D. Pedro Shopping

. Serviço gratuito vai de 10 a 25 de outubro

. Vagas são oferecidas para pessoas entre 16 e 50 anos

Pelo terceiro ano consecutivo, o Parque D. Pedro Shopping recebe o projeto ‘Oportunidades Especiais’. Trata-se de um espaço exclusivo para o cadastramento de currículos de pessoas com deficiência, que estão em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho. O serviço, totalmente gratuito, estará disponível de 10 a 25 de outubro, no estande localizado na Entrada das Pedras.

Os interessados em fazer o cadastro serão auxiliados por monitores especializados, que estarão à disposição no horário de funcionamento do shopping. O Brasil tem aproximadamente 46 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, que representam 24% da população.

“Nosso objetivo em trazer este projeto para o Parque D. Pedro é contribuir, de alguma forma, para que estas pessoas tenham condições de disputar uma vaga no mercado de trabalho pelas suas qualificações”, diz Alessandra Daga, gerente de Marketing do shopping.

Os inscritos poderão concorrer às vagas ofertadas por empresas participantes do projeto: Marfrig, GE, Ypê, Eaton, Pão de Açúcar, Extra, Ambev e SuperGasbras.

De acordo com Levi Cintra, coordenador do projeto, há vagas em diferentes áreas de atuação e para todos os níveis de escolaridade (ensino médio, técnico e superior), na faixa etária de 16 a 50 anos. Serão aceitos currículos de pessoas com variados tipos de deficiência (motora, intelectual, visual e auditiva), que estejam em busca de trabalho. A faixa salarial varia de acordo com cada empresa, formação e cargo a ser ocupado.

Em dois anos, só no Parque D. Pedro Shopping, foram cadastrados mais de mil pessoas. O Projeto Oportunidades Especiais também conta com uma página na internet para o cadastramento e acompanhamento dos processos de seleção: www.oportunidadesespeciais.com.br.

oportunidades especiais1

 

Serviço:

Projeto Oportunidades Especiais 

Data: 10 a 25 de outubro

Local: Parque D. Pedro Shopping – Entrada das Pedras

Horário: segunda a sábado, das 10h às 22h; domingos e feriados das 12h às 20h.

Mais informações: 4003-7740 /www.parquedpedro.com.br

 

Sobre o Parque D. Pedro Shopping

Inaugurado em março de 2002, o Parque D. Pedro Shopping é um empreendimento da Sonae Sierra Brasil, empresa especialista em shopping centers e uma das principais proprietárias, desenvolvedoras e administradoras do Brasil. A empresa detém 10 empreendimentos em operação e administra dois shoppings de terceiros, totalizando mais de 500 mil m² de ABL (Área Bruta Locável).

O Parque D. Pedro Shopping é o mais completo centro de compras, lazer, entretenimento, gastronomia e serviços da região de Campinas. Tem 122,8 mil m² de Área Bruta Locável (ABL) que concentra 395 operações, entre elas 31 lojas âncoras, 12restaurantes, 49 lojas de fast food, complexo de cinema com 15 salas (incluindo uma sala IMAX), teatro para 300 espectadores, centro de convenções e 8 mil vagas de estacionamento. Anualmente recebe 20 milhões de visitantes.
Referência em sustentabilidade no setor foi o primeiro a receber certificação ambiental (ISO 14001) e certificou seu Sistema de Segurança e Saúde segundo a norma OHSAS 18001. Adota desde sua construção políticas de preservação do meio ambiente, saúde e segurança ocupacional.
Atento às principais tendências de comportamento e consumo investe na interação digital com seus clientes. Entre as iniciativas lançadas estão o aplicativo do Parque D. Pedro, o Chega de Fila e o Consultor WhatsApp.
Endereço: Av. Guilherme Campos, 500 - Campinas – SP
Informações: 4003-7740 - www.parquedpedro.com.br

 

 

De mãe para mãe. ( por Marina Barone Dantas )

De mãe para mãe. ( por Marina Barone Dantas )
De mãe para mãe: Agora é oficial!


Olá, meu nome é Marina Barone Dantas. Conheci a Fernanda e o Somos especiais há 4 anos atrás pelo facebook!

Eu estava grávida da minha segunda filha e quando vi a Fernanda pensei: “Nossa, quantas coisas em comum!”.

Sou mãe do Gabriel de 4 anos que tem paralisia cerebral e da Maria Rita de 2 anos, um menino especial e uma menina linda com dois anos de diferença! Fernanda olhou para nós e pensou “Huuummm já vi essa história! Rsrsrsrsrs

Já passei aqui pelo blog algumas vezes dividindo algumas coisas com vocês, já paquero o somos especiais há um tempo, a Fer já tinha me sugerido escrever com mais frequência, confesso que titubeei algumas vezes, pois além de ter os dois pequenos, ser mãetorista, levo diariamente para escola, terapias e toda rotina de duas crianças pequenas, sendo uma especial, a vida acabou dando um jeito para que trabalhasse fora!

Sou formada em estatística e trabalho com pesquisa de mercado em agronegócio. Como dou conta? Não sei! Hahahaha mas vocês vão nos conhecer melhor e vão ver que quando colocamos amor e alegria no que fazemos, tudo flui! Sou casada com o Marcio, que além de meu amor é um pai incrível que abraçou a paternidade com muito carinho e divide essa rotina maluca comigo!

Então agora é oficial, estarei por aqui com a coluna “De mãe para mãe”! Me sinto honrada pela oportunidade e espero dar conta de missão! Muito obrigada pela oportunidade e confiança
Fernanda!

marina f4

foto : Camila Barros

instagram :@camilabarros_fotografia