O mundo clama por amor.




O mundo clama por amor. 

o mundo cla por amor

Dia 03 de dezembro comemora- se o dia internacional do deficiente físico. Eu sou mãe de um . Passo as dores e os dissabores de uma vida sem direitos e com muitas obrigações. Pelo meu filho eu crio forças! Remédios, terapias, a cadeira é de rodas, o dia a dia às vezes é tranquilo às vezes é estressante, Terapias mais evoluídas o meu convênio não paga, cadeiras motorizadas a gente investe o valor de um carro pra ter( faz vaquinha , rifa, ganha ), mães largam tudo pra cuidar do filho. Vida que nem sempre é justa.


Minha intenção não é de reclamar mas de mostrar que o nossa rotina não é fácil. Um desabafo. Hoje eu preciso!

Eu escolhi assumir a deficiencia do Dan , ser companheira dele , enxergar o lado positivo da adversidade. Eu decidi!
Se hoje vocês me veem nas corridas e na rua com ele saibam que não foi simples. Tem dias que não é! Prá muitas mães nunca vai ser.

No dia do deficiente físico o mundo clama por amor. AMOR. Eles estão aqui porque no coração deles pulsa o carinho que transmitimos . Não pedem, não falam , resmungam se algo incomoda . Anjo? Sim , anjos.
Neles exala perfume, exala força, sobra pureza. Você reclama do que mesmo?

Enquanto eu viver eu vou lutar pela causa. Vou correr muito prá mostrar que a inclusão é possível, que o meu filho tem voz e vez. Eu vou pedalar bravamente , desbravar os mares porque a força é SUA e não minha . Eu prego a inclusão pelo esporte.

Mais direitos, mais respeito, mais amor por favor. 

 





Conpartilhe

Postagens Relacionadas

Próximo
« Anterior
Anterior
Próximo »